3 de julho de 2010

O esperado aconteceu…

O Brasil foi derrotado. A Holanda venceu pelo placar de 2x1 e jogou futebol grande. Jogou bonito. Mereceu a vitória e todos os elogios.

Após o jogo, surgiram basicamente três tipos de opinião: o primeiro é o torcedor incondicional. Aquele que está ao lado da seleção na vitória e na derrota. E nesta derrota, acreditam que foi uma fatalidade.

Um outro grupo tem a opinião de que existem dois culpados: Dunga e Felipe Melo. O primeiro que não soube armar o time. Não soube convocar os jogadores, foi prepotente e arrogante. O segundo, faz o perfil de indisciplinado, de que não tem maturidade nem talento para estar em uma copa.

E existe um outro grupo que viu um bom jogo de futebol. Um jogo onde uma seleção (a Holanda) mostrou competência e um esquema tático consistente. Não se precipitou mesmo com o gol tomado no início e soube explorar as falhas do adversário. A outra seleção fez um bom início de jogo e só. Não mostrou brilho e se abateu a levar o gol de empate. Para ajudar, a expulsão de Felipe Melo.

Não acho que a culpa tenha sido de um jogador ou somente do técnico. Como li em alguns comentários de quem entende de futebol, o Brasil foi burocrático. Não soube aproveitar o talento ofensivo do futebol brasileiro. Optou por uma forte defesa e um jogo baseado no contra-golpe.

Venceu a equipe que resolveu jogar futebol. Venceu a Holanda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...