24 de outubro de 2010

A candidata inventada e o governo fantoche

A eleição está chegando ao fim. Ao que parece, dona Dilma irá faturar o segundo turno com margem relativamente confortável.

É uma pena…

Uma pena porque quem ganha não é o Brasil. E também não é o Serra (ou o PSDB) quem perderá. O Brasil está elegendo uma pessoa de passado duvidoso. Um produto criado pelo marketing político. Há uns dois, três anos atrás, o Lula era quem estava colocando o país nos eixos. Agora, foi o governo do Lula e da Dilma quem fez tudo.

O Lula inventou a Dilma… o PT aceitou a invenção pois assim os medalhões do partido poderão apitar alguma coisa. José Dirceu, Genoíno, Pallocci, Zé Cardoso e outros poderão pegar o seu quinhão de governo graças a vitória da Dilma.

O que ela fez? Ela defendeu o que? Há 20 anos atrás eu lia sobre o Serra e suas realizações (algumas boas, outras ruins, mas o fato é que ele existia). A Dilma só passou a existir quando o Lula deu sua benção para isso… passou por cima de tudo e todos (inclusive de aliados como o Ciro Gomes que ingenuamente acreditou que teria o apoio do Lula para ser seu sucessor)

Não posso aceitar um governo que não aceita a democracia nem a diversidade de opiniões. Não posso aceitar um governo que utiliza um cabide de empregos. Não aceito um governo que dá as costas para denúncias de corrupção. Não aceito uma candidata que não tem projeto, não tem postura, não tem história… não dá para aceitar isso…

Mas a maioria dos brasileiros irá aceitar. Preferem um governo que subsidia a pobreza a um governo que prega o crescimento sustentável.

Pense na Dilma sem o Lula… ela existia? Como bem falaram, a Dilma só foi a escolhida porque os medalhões do PT de alguma forma estavam ligados à denúncias ou problemas de popularidade. Restou ela…

Mas o Brasil sobreviveu a Lula… provavelmente sobreviverá a Dilma. Parafraseando um ex-colega de faculdade: apesar de Dilma Roussef e Lula, amanhã há de ser outro dia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...