5 de março de 2012

Windows 8… Consumer Preview?

Já faz um tempinho que não falo sobre tecnologia no blog. Espero remediar isto com este post. O tema é a futura versão do sistema operacional Windows.

Batizado de “Windows 8”, o novo sistema será a aposta da Microsoft na convergência dos PC’s, celulares e tablets. Nitidamente concebido para dispositivos dotados de touch screen (como a maioria esmagadora dos tablets e smartphones), ele começa quebrando alguns paradigmas.

500px-Windows_8_Logo.svg

O primeiro deles já começa em sua denominação durante seu ciclo de desenvolvimento. Tradicionalmente a Microsoft inicia o desenvolvimento de um SO criando um nome-código. O Windows 95 tinha o nome-código “Chicago”; o Windows 98 era o “Memphis”; o XP (nem vou me dar ao trabalho de mencionar o Me) era o “Whistler”; o Vista era “Longhorn” e o Windows 7 (versão atual) ficou conhecido como “Blackcomb”.

Pois bem…o Windows 8 começou como “Windows 8” mesmo. A empresa desde o início identificou o seu produto com o nome comercial final. E as versões de desenvolvimento iniciais (chamadas de “Alpha”), voltadas para a equipe de criação ficaram conhecidas como “Milestones”. Paralelamente a isto, a Microsoft criou um blog chamado “Building Windows 8” (Construindo o Windows 8) voltado para desenvolvedores e usuários.

Sim, desde o início a Microsoft colocou o usuário como parte integrante do processo de desenvolvimento. O que é a quebra de outro paradigma. As versões anteriores eram concebidas com base no feedback dos usuários ao longo do ciclo do atual sistema operacional. Desta vez, o usuário pode opinar. E muita coisa foi mudada desde o projeto inicial até o estágio atual por conta destas alterações.

Aliás, em uma atitude muito “generosa”, disponibilizou uma versão do seu sistema para download. Uma versão até que bem estável, mas ainda com muito trabalho pela frente. Esta versão que seria algo como um Beta mal resolvido e ela foi chamada de “Windows Developer Preview” (Algo como “Windows: Amostra para Desenvolvedores”).

Após a maturação das funcionalidades, desenvolvimento a Microsoft mudou muita coisa e resolveu pedir a opinião dos usuários. Eis que está disponível a versão “Windows Consumer Preview” (Algo como “Windows: Amostra para os Usuários Finais” ou “Windows: Amostra para Consumidores” ). É o mais próximo que temos de como ficará o sistema final.

Caso você tenha interesse, poderá baixá-lo no site da Microsoft. Mas prepare-se para um demorado download (2,1 GB na versão 32 bits e 3,3 GB na versão 64 bits). Sugiro que faça alguns testes através de uma máquina virtual (uma boa opção é a Oracle Virtual Box).

Pretendo fazer um review do Windows 8 em uma ou duas semanas e postar aqui, mas a princípio minha sugestão inicial é: você só deve migrar para o novo sistema (quando lançado) se você for usuário do Windows Vista (muito instável e exige muito hardware) ou do Windows XP (muito estável, mas infelizmente, muito antigo). Caso você seja um feliz usuário do Windows 7, permaneça com ele (exceto versão Starter… porque esta… ninguém merece).

A seguir, algumas considerações sobre a versão Developer Review, baseada em minha utilização.

Pontos positivos: aparetemente leve, tão intuitivo quanto o Windows 7, automação de muitas tarefas de configuração consideradas chatas para o usuário leigo.

Pontos negativos: interface pouco amigável para o ambiente desktop, muitos apps desnecessários na instalação inicial.

Confesso que não estou tão empolgado como estive durante o desenvolvimento do Windows 7. Você pode conferir minhas postagens daquela época caso tenha curiosidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...