13 de janeiro de 2013

Windows 8 assume o posto de titular

por Ricardo Marques

Finalmente depois de muito testar e ler sobre o novo sistema operacional da Microsoft. Eu já estava utilizando o sistema através do laptop. E após algum tempo, creio que o sistema é suficientemente confiável para ser instalado no meu computador principal.

O processo em si é bem mais fácil comparado com as instalações malucas do Windows 95, 98 e Me. Acredito que a etapa mais “complicada” foi a de criar o disco de instalação. Mesmo assim, a dificuldade foi por conta de que eu tive que sair para comprar um DVD virgem.

Optei por fazer uma instalação limpa, apesar de existir a opção de atualização, mantendo programas e arquivos. Na próxima semana gastarei um bom tempo com downloads, mas pelo menos a máquina recomeça do zero e não terei problemas ou lentidões.

O backup também foi pesado: quase 1 TB de dados, entre documentos, fotos, vídeos e músicas. Fiquei quase 3 semanas apenas analisando dados para guardá-los em um HD removível. Devolver os arquivos para o computador será uma tarefa de meses.

Devo elogiar a Microsoft que criou um sistema operacional de fácil instalação e bastante intuitivo. Um usuário doméstico não terá nenhuma dificuldade em instalar o novo sistema operacional.

Informações importantes:

  • Até o final de janeiro, usuários que tenham instalado o Windows 7 ou o Vista (originais) poderão fazer o upgrade por apenas R$ 69,00. Lembro que o sistema nas lojas não sai por menos de R$ 230,00.
  • O Windows 8 ficou mais leve, mas ele deixou de possuir algumas comodidades do Windows 7. Um exemplo é o Windows Media Center. Támbém não é possível rodar filmes sem antes instalar um programa de terceiros.
  • É possível utiilizar sua conta microsoft (Hotmail) como usuário do Windows. Optei por este tipo de instalação para facilitar importação de contatos.
  • No meu caso, o Windows 8 não reconheceu o driver do adaptador Wireless. Eu já havia previsto isto e feito um download preventivo do driver. Em caso de dúvidas, faça o mesmo, caso opte pela instalação limpa.
  • Teoricamente é possível fazer o upgrade em qualquer computador que rode o Windows 7. Na prática, computadores com tela pequena (sim… o netbooks) não rodarão as novidades da interface Metro em resoluções inferiores a 1366x768.
  • Eu já disse isto em outros posts e reafirmo agora: o Windows 8 não é um upgrade essencial em seu computador caso você seja usuário do Windows 7. Fica mais legal, sim. Mas não é fundamental. Usuários do Vista devem aproveitar esta oportunidade para se livrar do monstrengo (o Vista) e migrar para um sistema bem mais leve e robusto.

Agora vamos aguardar o versão final do Office 2013 e ver o que teremos para o futuro. No trabalho e em casa, creio que minha versão atual (Office 2010) está de bom tamanho.

Sem título

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...